top of page
logo PCE.jpeg

MEDIDORES

Bem Vindo ao Portal

 

A PCE Instruments trabalha com instrumentos muito úteis: Ferramentas de medição industrial que ajudam a compreender e otimizar melhor os processos. Nosso ramo de atividade é o desenvolvimento, fabricação e distribuição de produtos industriais que ajudam a aumentar a eficiência em diversas tipos de indústrias, seja nas plantas industriais ou laboratórios.

pce-instruments-measurement-instruments-copy-1024x683.jpg

A coleta de dados está se tornando cada vez mais importante a cada dia na indústria, tanto no setor profissional como no privado. A demanda está focada principalmente em dispositivos que medem com rapidez e precisão, entregando resultados concretos durante a medição. Com a PCE Instruments você encontrará mais de 600 instrumentos das áreas de tecnologia de medição, controle e pesagem.
Aqui apresentaremos: Vibrômetros, Tensiômetros, Medidor de Revestimento, Caudalímetro, Medidor de Espessura e Dinamômetros 

Tensiômetro PCE-BTM 2000A

PCE-BTM 2000A.webp

MEDIDOR DE TENSÃO DA CORREIA PARA MEDIÇÃO RÁPIDA E PRECISA DA TENSÃO DA CORREIA

Memória para 750 valores medidos / display gráfico / operação fácil / menu multilíngue / medição em Hz e N

O medidor de tensão da correia é uma ferramenta de manutenção de medição óptica para determinar a força de tensão da correia. Este medidor de tensão de correia consiste em um dispositivo de exibição e uma cabeça de sensor fixada em um pescoço de ganso semiflexível. A vantagem do pescoço de ganso é que a cabeça do sensor pode ser posicionada de forma flexível. Devido à mobilidade do pescoço de ganso, o sensor pode medir a força do fio mesmo em locais de difícil acesso. O dispositivo de medição de tensão da correia mede a tensão da correia (em Newton) e a frequência da correia (em Hz) da correia no estado estacionário.

Um pequeno impulso na correia é suficiente para fazer a correia vibrar. O medidor de tensão da correia mede com o sensor a frequência natural da correia assim gerada e a visualiza no display. O medidor de tensão da correia pode determinar diretamente a tensão real (em Newton/Libra de Força) da correia a partir da frequência da correia combinada com o comprimento e a massa da correia inseridos opcionalmente. No entanto, a introdução destes dados não é necessariamente necessária para realizar as medições diretamente com o dispositivo de medição da tensão da correia. As unidades de medida no dispositivo podem ser alternadas entre N (unidade SI) e libra-força (unidade dos EUA).

A leitura é sempre mostrada como a frequência da correia em Hz no display do dispositivo de medição de tensão da correia. O menu gráfico intuitivo é visualizado no display de alto contraste do medidor de tensão da correia em seis idiomas diferentes. Até 750 registros de dados podem ser armazenados na memória do dispositivo de medição de tensão da correia. O medidor de tensão da correia é entregue totalmente pronto para uso. O conteúdo da entrega inclui o dispositivo portátil, o sensor padrão com pescoço de ganso, um suporte magnético, baterias e manual de operação. Para aumentar a flexibilidade durante a medição, os seguintes itens estão disponíveis opcionalmente para o medidor de tensão de correia: uma cabeça sensora externa com cabo espiral, um estojo rígido do dispositivo, um martelo de frequência e um tripé.

ÁREAS DE APLICAÇÃO DO MEDIDOR DE TENSÃO DE CORREIA

O dispositivo de medição de tensão da correia pode medir a tensão da correia dentada, correias com nervuras e correias em V. A tensão da correia é um parâmetro importante para a manutenção, instalação, configuração e reparo dos acionamentos por correia. A tensão da correia deve ser controlada regularmente durante todo o tempo de funcionamento e ajustada, se necessário, para garantir a máxima vida útil possível de todos os componentes da máquina na periferia da correia. É muito importante que a força de pré-carga seja selecionada de acordo com as forças a serem transmitidas.

Principalmente aqui se aplica, quanto maiores as forças a serem transmitidas e quanto maior a velocidade da correia durante a operação, maiores serão as forças de pré-carga que devem ser selecionadas. Ao mesmo tempo, é necessário garantir que a tensão da correia não seja muito alta, caso contrário os rolamentos dos acionamentos por correia podem ser afetados e, ao mesmo tempo, o desgaste da correia aumenta, o que pode causar rachaduras na correia. Ao mesmo tempo, uma tensão muito baixa da correia também pode causar danos quando, por exemplo, ocorre o salto dos dentes ou o deslizamento da correia. Por isso é importante determinar a tensão da correia ou a força de pré-carga com um dispositivo de medição da tensão da correia. Isto pode ajudar a reduzir significativamente os custos de acompanhamento que ocorrem devido à paralisação não planejada e ao tempo de inatividade causado por danos nos rolamentos ou por correias defeituosas. A utilização de um medidor de tensão de correia é, portanto, adequada para aplicações na área de produção industrial, tecnologia de motores, motores de passo, construção de máquinas e ferramentas ou também na área de manutenção e reparo.

QUAL É A FORÇA DE TENSÃO DA CORREIA?

Como diversas forças atuam em uma transmissão por correia, as forças mais importantes nas transmissões por correia são nomeadas abaixo para compreender o significado da força de tensão da correia. A correia conecta uma polia motriz com uma polia movida. A polia motriz é acionada por um motor que gera um torque e o transmite para a polia motriz. A correia transmite esse torque na forma de uma força circunferencial para a polia acionada. As seguintes forças são importantes.

A força circunferencial: A força circunferencial corresponde à força efetiva a ser transmitida pela correia. A força circunferencial depende da potência aplicada do motor e, portanto, do torque, bem como da rotação do motor e do diâmetro da polia. Para manter o equilíbrio de forças, a força circunferencial provoca a formação de diferentes forças nos fios da correia. A diferença entre as forças entre os percursos carregado e descarregado corresponde à força circunferencial transmitida à correia.

A força de atrito: A força de atrito na polia motriz garante que o torque do motor seja transmitido através da correia para a polia movida. Na polia acionada é gerado um torque utilizável que corresponde ao produto da força circunferencial e metade do diâmetro da polia acionada.

A força centrífuga. A força centrífuga aumenta com o aumento da velocidade e faz com que a correia se estique e, assim, perca aderência. Neste caso, a força centrífuga atua contra a força de adesão.

A força de pré-tensionamento: A força de pré-tensionamento/força do vão/tensão da correia é diferente sob condições dinâmicas no vão carregado e descarregado. Em condições estáticas, a tensão da correia é idêntica em ambas as passagens. No estado estático, a força de pré-tensão deve ser regulada de tal forma que, em condições dinâmicas, haja aderência suficiente às polias para garantir a transmissão da potência da correia para a polia, tendo ao mesmo tempo em conta as forças centrífugas atuando na correia no estado operacional. No entanto, a tensão da correia não deve ser ajustada muito alta, caso contrário, poderão ocorrer danos à correia e/ou aos rolamentos sob carga. A tensão correta da correia deve ser selecionada especificamente para cada correia e para a aplicação correspondente. Na maioria dos casos, os fabricantes de correias especificam a tensão correspondente na forma de forças ou frequências. Um medidor de tensão da correia pode então ser usado para determinar com precisão a tensão necessária da correia após a instalação e antes do comissionamento de uma transmissão por correia.

POR QUE VOCÊ DEVE MEDIR A FORÇA DE TENSÃO DA CORREIA?

A medição da tensão da correia é sempre necessária quando se deseja manter máquinas e sistemas de maneira ideal. Um acionamento por correia atinge sua vida útil máxima somente se for projetado e ajustado para seu uso. Isto significa que a correia deve ser tensionada de forma ideal para a aplicação específica e as polias – precisamente alinhadas. Com a ajuda do dispositivo de medição da tensão da correia, a força do cordão pode ser determinada com exatidão quando a correia está em condições estacionárias.

Longa vida útil e alto desempenho dos equipamentos e máquinas – é o objetivo de todo usuário, seja empresa ou pessoa física. Em muitas indústrias, em particular em vários mecanismos, as correias são uma parte importante e necessária. Os menores desvios das normas podem levar a consequências graves, como falhas nos sistemas, por isso é especialmente importante verificar regularmente a tensão da correia, pois somente quando este valor estiver absolutamente correto e ótimo, o melhor desempenho poderá ser obtido. Não apenas a tensão mais fraca que a necessária, mas também a tensão que excede os padrões, pode causar degradação grave e, o que é importante, preliminar, da correia e queda no desempenho. Isto poderia causar falhas graves nas máquinas, com tempos de inatividade não planejados e altos custos de reparo. Por exemplo, a tensão errada da correia no gerador do carro é devastadora em ambos os casos e pode ser perigosa e levar ao desgaste total dos mecanismos. Custos significativos – é apenas um dos itens da lista dos possíveis problemas que podem surgir. Mesmo que a correia não esteja quebrada, a mudança na sua função não deixa de ser importante para todo o sistema ou mecanismo, e é por isso que é realmente uma das tarefas prioritárias manter esta questão sob controle.

Fazer isso é fácil com a ajuda do medidor de tensão da correia, que representa um dispositivo pequeno, mas muito útil, que pode ajudar o usuário a determinar a tensão da correia no sistema a ser controlado e, assim, indicar se as medidas imediatas devem ser tomadas. tomadas para ajustar a tensão ao valor do ponto de ajuste.

Testar a tensão manualmente é coisa do passado, e a melhor forma de determinar a tensão é utilizar o aparelho e por meio dos cálculos obter dados exatos sobre a tensão da correia. As vibrações provenientes da correia não são registradas apenas pelo medidor de tensão da correia, os dados são processados ​​após serem recebidos pelo sensor óptico, e com base nas características da correia (peso, largura, comprimento), o resultado final é calculado e exibido na tela iluminada (em N e Hz).

O espectro de aplicação é amplo, desde aplicações individuais em residências (vários dispositivos e equipamentos domésticos) ou escritórios até áreas industriais onde pode ser utilizado para diferentes transportadores, equipamentos de elevação, elevadores, indústria automotiva ou máquinas agrícolas.

A principal vantagem do medidor de tensão de correia não é apenas ajudar a detectar falhas e prevenir falhas, mas também pode ser utilizado para verificar a exatidão da instalação antes do comissionamento. Assim, antes da partida do equipamento, a verificação por meio do medidor de tensão da correia é uma confirmação confiável de que a máquina funcionará perfeitamente de acordo com as normas. Os dados recebidos com a ajuda do medidor podem ser salvos e utilizados posteriormente como amostra padrão durante as verificações regulares de manutenção.

bottom of page