Transmissores de Montagem em Duto de Umidade e Temperatura HMD62 para Aplicações em Automação Predial
Recursos / benefícios:
▪ Sensor Vaisala HUMICAP® R2 para excelente precisão e estabilidade a longo prazo, histerese desprezível e resistência ao pó e à maioria dos produtos químicos
▪ Temperatura compensada
▪ Rastreável ao NIST (certificado incluído)
▪ Caixa metálica NEMA4X (IP66)
▪ Saídas analógicas 4 ... 20mA
O transmissor montado em duto deve incorporar um sensor de umidade relativa capacitivo HUMICAP® R2 de polímero de filme fino que pode ser substituído em campo (a recalibração no campo também é necessária após a substituição). Componentes eletrônicos a serem protegidos em um gabinete NEMA4X (IP66). A precisão deve ser de ± 1,5% de UR para a faixa de 0 a 90% de UR e ± 2,5% de UR para a UR de 90 a 100% entre 0 ° e 40 ° C.
 
Os efeitos de dependência de temperatura do sensor não devem adicionar mais de 1% de erro adicional de UR nas temperaturas máxima e mínima de operação. O sensor deve ter um tempo de resposta de 63% em 15 segundos a 20 ° C e uma estabilidade de ± 0,5% de UR por ano em aplicações HVAC típicas.
 
O transmissor para ser alimentado por 10 a 35 VDC (RL = 0 *) ou 20 a 35 VDC (RL = 600 *), fornece um sinal de saída linear de 4 a 20 mA correspondente a 0 a 100% de UR e opera sob uma temperatura intervalo de -40 ° a 80 ° C (-4 ° a 176 ° F). O sensor de temperatura deve ser um RTD de platina 1000 * com um sinal de saída linear de 4 a 20 mA correspondente a -20 ° a 80 ° C (-4 ° a 176 ° F). Precisão de ± 0,1 ° C (0,18 ° F) a 20 ° C (68 ° F).
 
O transmissor deve ter a capacidade de calibrar a umidade relativa, sem perturbar a operação, usando um calibrador de campo eletrônico de ponto único. Certificado de calibração rastreável NIST incluído.

Rua Frei Manoel da Ressurreição, 1488 Sala 13 - Vila Nova, Campinas - SP, 13073-221

Tel: +55 (19) 3243-3610   +55 (19) 3243-3732 

contato@rigorautomacao.com.br

Horário de funcionamento: Segunda a Sexta das 8h as 12h e das 13h as 17:30h