top of page

PLANEJE O MAPEAMENTO TÉRMICO DE VERÃO ANTES QUE SEJA TARDE



Para conformidade regulamentar com a RDC 430, o mapeamento de verão é necessário para contêineres ou galpões que compartilham parede externa ocorrendo trocas de temperatura e umidade. É hora de planejar e programar o mapeamento antes que o calendário da temporada esteja cheio.


Qualquer empresa que gere meticulosamente as condições ambientais de galpões, como temperatura e umidade, deve se preparar para o mapeamento de verão.

Possuímos os sensores adequados para fazer as medições, os posicionamos, coletamos e elaboramos os relatórios necessários para que você tenha todas as informações para gestão ambiental de seu espaço, seja em armazéns ou câmara fria.


Qualquer espaço que compartilhe parede externa e abriga produtos sensíveis à temperatura precisam de mapeamento de temperatura como parte da validação do processo de armazenagem. Este é um diferencial importante se comparado com espaços ou contêineres dentro de um edifício com temperatura controlada por ex. As posições de armazenamento de paletes, o armazenamento de reservas e as áreas de transferência também devem ser considerados no planejamento de mapeamento. O mapeamento de temperatura de sua instalação indicará se as condições são apropriadas para armazenar seus produtos.


Dependendo do seu produto, localização geográfica e mudanças ambientais variadas, a frequência de mapeamento pode variar. A maioria das instalações exigem mapeamentos semestrais para explicar as condições de temperatura mais frias e quentes. Para a maioria das situações, o mapeamento da temperatura deve ser realizado durante o pico do verão e inverno.

Os mapeamentos devem ser repetidos quando as instalações ou sistemas de controle são modificados ou excursões de temperatura estão sendo detectadas durante a operação.


Conformidade com segurança e regulação: Você deve provar que seu armazém ou contêineres estão equipados para garantir que os produtos estejam protegidos e seguros durante a exposição a condições ambientais extremas. De acordo com a diretriz do ISPE, é importante realizar o mapeamento tanto nas estações de verão quanto no inverno. Mapeamentos de verão devem definir pontos quentes críticos, e mapeamentos de inverno devem definir o frio.


O mapeamento de temperatura é um processo onde vários sensores de temperatura são colocados em toda o ambiente a ser mapeado para identificar pontos quentes e frios, bem como as durações esperadas para excursões.

Os sensores que utilizamos para mapeamento possuem faixa de temperatura adequada para o ambiente operacional pretendido (calibração RBC e é programável para coletar dados com intervalos de tempo entre 1 e 15 minutos. Os dispositivos cumprem os requisitos regulatórios aplicáveis.


Potenciais influências de temperatura, como janelas, portas, ar-condicionado ou infraestrutura são levadas em conta. Podemos realizar os estudos com ou sem carga, conforme a escolha do cliente.


Quais os riscos de não mapear o armazenamento de produtos farmacêuticos por exemplo:


  1. Morte ou dano aos pacientes

  2. Ação penal, multas judiciais

  3. Má reputação

  4. Clientes insatisfeitos

  5. Retorno do produto

  6. Aumento do desperdício de pro dutos




Comments


Posts Em Destaque
Verifique em breve
Assim que novos posts forem publicados, você poderá vê-los aqui.
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page