MAPEAMENTO TÉRMICO

CORRETO

Bem Vindo ao Portal.

Provavelmente você ja sabe da importância do mapeamento térmico em armazéns. Aqui mostraremos quais são as premissas de um serviço feito de maneira correta conforme guidelines e normativas

As Guias de Boas Práticas como USP Capítulo 1079 e Who Anexo 9 informam das exigências necessárias para se ter um estudo térmico de qualidade.

Segundo as Guias de Boas Práticas, os principais requisitos de um Mapeamento Térmico de qualidade seriam:

- Qual o período ideal para se fazer o estudo térmico? Não deve ser inferior a 7 dias, seja com ou sem carga. Este período

  é considerado ideal para que sejam analisadas as possíveis variações de temperatura e umidade em um armazém. Um

  período inferior a 7 dias pode comprometer a exatidão dos dados de medição feitos pelos dataloggers/sensores.

- Qual o posicionamento mais eficiente dos sensores? A maneira "3D" é a mais correta. Note que não existe norma que

  informa o volume de sensores a ser utilizado no ambiente, mas por que? O que define a quantidade de sensores a serem 

  posicionados é a maneira que devem ser posicionados. A distância entre um sensor e outro não pode ultrapassar os 10

  metros de distância, os sensores devem ser posicionados em W, ou seja, nos pontos baixos, médios e altos.

- Qual o número de sensores que devo utilizar: Conforme a regra de até 10 metros entre os sensores, podemos comparar

  estes sensores aos píxels de uma TV, quanto mais píxels tiver, melhor a qualidade da imagem. O mesmo acontece com o

  posicionamento dos sensores. Se eles estiverem muito espaçados, a resolução do seu estudo estará comprometida, uma

  vez que podemos considerar que a área de cobertura de medição de cada sensor é apenas o local, ou seja, onde ele esta

  posicionado, NÃO existe raio de cobertura de medição. Sendo assim, desconfie de empresas que prestam serviço com

  poucos sensores espaçados pelo seu armazém.    

- Como devem ser estes sensores? O ideal é que sejam de alta qualidade, calibrados, que meçam temperatura e umidade

  e  que sejam validáveis CFR 21 Part 11. 

 

- Quais intervalos de medição aplicar? Geralmente a cada 15 minutos é o tempo mais utilizado para se verificar as

  variações de temperatura e umidade. Mas em locais onde hajam variações mais bruscas a cada 5 minutos.

- Quais as estações do ano mais propícias para se fazer um mapeamento? Tendo como premissa que as condições

  climáticas mais críticas são as que mais afetam os produtos armazenados, devemos considerar que estudos sejam feitos

  no verão e no Inverno. Desta maneira você saberá como seu armazém se comporta nas temperaturas mais quentes e nas

  mais frias e já poderá tomar as ações preditivas necessárias.

- Qual periodicidade devo aplicar os estudos? Isto depende muito do tipo de sensibilidade do produto armazenado. Para

  farmacêuticos é recomendado anual, mas se as variações conseguintes forem menores, a cada dois anos.      

- Quais ações devo tomar após o estudo de mapeamento térmico? Como o mapeamento térmico ira indicar os pontos

  vulneráveis (caso existam) do seu armazém, após o estudo, já podem ser tomadas as ações corretivas como,

  investimentos em HVAC, vedações, sejam com obras ou pinturas especiais externas ao armazém para minimizarem

  alterações de temperatura. Também se pode instalar um Sistema de Monitoramento Ambiental ou Dataloggers nos

  pontos mais críticos para que se possa companhar em tempo real o comportamento da temperatura e umidade destes

  locais, por  exemplo.   

       

Rua Frei Manoel da Ressurreição, 1488 Sala 13 - Vila Nova, Campinas - SP, 13073-221

Tel: +55 (19) 3243-3610   +55 (19) 3243-3732 

contato@rigorautomacao.com.br

Horário de funcionamento: Segunda a Sexta das 8h as 12h e das 13h as 17:30h